Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \25\UTC 2009

Cineclube 2.

A Onda

Anúncios

Read Full Post »

Boicote…

O boicote no sistema capitalista é uma arma avassaladora. Boicote a bancos por exemplo, consiste apenas em deixar de consumir serviços deste temporariamente ou permanentemente. Trocar de banco também é um exemplo.

A jornalista Salete Lemos deu notícia sobre enrriquecimento ilícito de bancos brasileiros, privados e públicos, e sobre a incompetência do Ministério da Fazenda ou sua indiferença ao problema destes ganhos ilícitos.

Consequência, fora demitida da TV Cultura São Paulo. Isso ocorreu em 2007.  O problema continua. E ela já conseguiu novo trabalho. Mas fica a reflexão para que seja reduzida cada vez mais a necessidade e uso dos bancos, pois estes nos tiram mais do que nos dão.

É necessário também um acompanhamento mais rigoroso da sociedade sobre as atividades bancárias, não ficando apenas nas mãos de governos e empresários a gestão do fruto do nosso trabalho: o dinheiro. Até porque só há bancos se há pessoas, trabalhadores e etc, logo, os bancos precisam sim trabalhar em benefício do cliente, consumidor.

Há países que ninguém é obrigado a ter conta em banco para receber seus salários, ou as contas salário não sofrem nenhum tipo de cobrança. Um dia que o dinheiro passa no banco, já é suficiente para ele dá pelo menos uma volta por bolsas ao redor da Terra e render lucros extraordinários, evidentemente para os bancos.

Assista vídeo abaixo:

Read Full Post »

3macacos

Está nas mentes e nas rodas de mesa de bar: Pré-sal; compra de aviões de combate pelo Brasil junto a França; O final da novela global; a recuperação da economia, a professorinha e sua dansa “toda enfiada”.

República, doce palavra cantada desde a antiga Grécia, onde haviam escravos para que sua aristrocracia nas suas Cidades Estado deixassem a herança cultural ocidental que conhecemos.

República no Brasil (rss). Gostaria de ver acontecer no Brasil atitudes republicanas, sem escravos a nos servir, evidentemente. E que dessa efetiva atitude  sócio-política fosse posto abaixo o carcomido edifício patrimonialista em que habitam empresários, ongueiros, servidores públicos e políticos eleitos da jovem nação. Qual antes de parir um povo, sintomaticamente teve parido seu Estado Nacional. Este segundo, extraído prematuramente pelas elistes descontentes com o nosso ilustrado e patrimonialista Dom Pedro II.

Pouco mudou? Não meus queridos, algo mudou,  após o golpe de instalação da República. Contudo, traços como o do patrimonialismo foram sofisticados e refinados. Não que em outras brilhantes Repúblicas como a  conquistadora França ou a infante imperialista Estados Unidos da América não haja patrimonialismo.

Contudo, está me angustiando ouvir o silêncio nacional da CUT, da OAB, da UNE, da UBES, da ABI, da ANJ, STF, STJ, Partidos paladinos da verdade e honestidade,  dos intelectuais, acerca das denúncias de irregularidades e indícios da apropriação da República por particulares: o inescrupuloso patrimonialismo.

Não se trata de julgar e punir o presidente do senado, mas de apurar todas as denúncias atiradas aos quatro cantos do Brasil e do planeta. Trata-se de a justiça agir no sentido de investigar, processar, julgar e punir os culpados pelo uso do dinheiro e boa fé pública do cidadão brasileiro.

Uma Nação que tem um Estado sustentado nas pilastras do patrimonialismo abre passagem para excrecências políticas, desmandos de toda ordem, como desvio de dinheiro de merenda escolar, ou como indicação de parentes para cargos públicos, ou desvio de investimento em construções de hospitais, casas… o que gera miséria material e cultural.

Basta de silêncio, a governabilidade pode sustentar o governo, e custar mais caro a longo prazo. Pueril? É, pueril como cantar, como segue:

Depois de vinte anos na escola

não é difícil aprender

Todas as manhas do jogo sujo

Não é assim que tem que ser?

Vamos fazer nosso dever de casa

E aí então vocês vão ver

Suas crianças derrubando reis

Fazer comédia no cinema com as suas próprias leis.

(Legião Urbana)

Read Full Post »

Cineclube

Uma Espécie em Extinção

Read Full Post »