Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \22\UTC 2009

CARRANCAS DO RIO SÃO FRANCISCO

Limpei minhas botas, estou indo ao encontro do sertão, e caminhar na beira de meu Velho Chico, volto dia 26 para a capitáá da barroca província querida.

Anúncios

Read Full Post »

Minarete egípcio no Cairo

Os minaretes são extensões das mesquistas e são usados para realizar as cinco chamadas diárias às orações dos muçulmanos.

O encontro de povos e culturas através de guerras e celebrações faz parte da história humana. Agora a Suiça entra em choque com o mundo islâmico por conta de referendo realizado neste país, onde foi proibida a construção de minaretes e mesmo sua retirada onde houverem.

Questões simples me saltam inquientantes para as margens deste blog: por que são permitidas Cruzes em escolas do Estado, sobretudo nos países ocidentais de maioria cristã? Por que casas maçonicas se podem instalar no planeta inteiro sem uma vírgula de comentário sobre estas? Por que o modo de vestir e os cabelos dos judeus ortodóxos não é proibido, tal qual os véus foram proibidos na escolas da França?

Estamos vivendo um recrudecimento de sentimentos xenófobos, racistas e fascistas. A liberdade e o intercâmbio são algumas das melhores formas de nos entendermos com o outro. Do contrário teremos de arcar com famigeradas e destruidoras guerras.

Também é difícil para mim aceitar o novo, o diferente, mas se pelo menos nos dispormos a observar, ouvir, refletir, compreender, talvez tenhamos chance de uma convivência respeitável e digna entre os povos e suas culturas.

Read Full Post »

Em 2010 ocorrerá a celebração dos cem anos da Confederação Nacional do Trabalho da Espanha.

Certamente, esta festa vai além das fronteiras da Espanha.

Maiores detalhes poderão ser encontrados no site da CNT.

Read Full Post »

O documentário revela as ligações de Henning Albert Boilesen (1916-1971), presidente do famoso grupo Ultra, da Ultragaz, com a ditadura militar, ajudando no financiamento da repressão violenta e também a sua participação na criação da temível Oban – Operação Bandeirante, espécie de pedra fundamental do Doi-Codi.

A Oban, como era chamada, foi um centro de informações, investigações e de torturas montado pelo Exército brasileiro no fim dos anos 1960 para combater organizações de esquerda que confrontavam o regime ditatorial que vigorava desde 1964 no País. O filme deixa claro que era financiada por empresários e banqueiros. O caso de Henning Boilesen, o cidadão Boilesen, é exemplar. Dinamarquês naturalizado brasileiro, ele virou empresário no País. Anticomunista ferrenho, ligou-se a grupos militares e paramilitares. Outros empresários e banqueiros – nomeados no filme – também fizeram isso, mas Boilesen se destacava por uma particularidade fartamente debatida no filme. Sádico, ele tinha um prazer especial em seguir as sessões de tortura, chegando a fornecer carros da empresa Ultragaz, do grupo Ulbra, que presidia, para operações de repressão.

Foram mais de 15 anos de pesquisa, que agora se concluem na estreia. Litewski elaborou uma lista de 200 possíveis entrevistados. Testemunhas vivas dão voz e cara na correção dessa história. Elas de alguma forma corrigem a história oficial. Mostram que a famigerada ditadura foi, na verdade, uma aliança civil-militar, incentivada e sustentada por setores de peso na sociedade, e não apenas empresários da Fiesp ou banqueiros da Febraban. Nem a imprensa é poupada. Litewski, que se autodefine como ‘rato de pesquisa’, só cita empresários e organizações que tenham sido mencionados por no mínimo três fontes diferentes. (Texto retirado do Café e História, assinado por RC).

Segue trailer abaixo:

Read Full Post »

Caiapó - Mulher pintando criança

O periódico Estadão produizu um apanhado de cantos de nações indígenas do território brasileiro.

Abaixo segue um dos cantos que mais gostei, da etnia Caiapó. Este contou com o tratamento de Marlui Miranda.

Agora é curtir e fortalecer. Abaixo o endereço:

http://www.estadao.com.br/interatividade/Multimidia/ShowAudios.action?destaque.idGuidSelect=8A2850AF51D8438ABB4C7DD81666A130

Ainda para quem quiser começar a reconhecer as várias etnias dos vários povos indígenas pode começar pelo site Iandé.

Read Full Post »

Logo estará sendo lançado o filme Inimigo Público nº 1, que narra a história de Jacques Mesrine um conhecido e lendário ladrão francês.

Ainda não assisti ao filme parte 1 ou 2, mas este tipo de filme me atrai pelo simples fato de colocar em cheque o modelo de vida liberral-burguês, destruindo impiedosamente a falsa segurança dada por suas frágeis leis, por seus policiais, suas religões.

Um simples homem armado de ousadia e com rigor violento, assim como são o Estado e a Igreja contra nós, os amedontrados cidadãos, fez tremer a sociedade francesa, não por seus assaltos, mais por que os fundamentos morais e éticos desta sociedade são colocado em cheque. Imaginem vocês; todos se decidindo a realizar pequenos ou grandes delitos como nosso Mesrine…

Por isso amo a biografia destes homens e mulheres a margem da lei e dos bons costumes, me apaixono ao vêl-los mostrarem os rostos e ainda dizerem o que pensam. O que não me faz gostar de um filme que apresentasse a vida do excelentíssimo Governador Arruda, ou do ex-minitro José Dirceu, ou sua excelência Eduardo Azeredo. Pois nada nestas biografias provocam emoção, respeito e dignidade.

Abaixo o trailer do filme:

Read Full Post »

Read Full Post »

Older Posts »